Humanidade

O apoio de Maria Voce e do Movimento dos Focolares ao Papa Francisco

AppleMark

A presidente do Movimento dos Focolares manifesta numa carta ao Santo Padre o apoio “diante dos ataques feitos para dar descrédito à Sua pessoa e à Sua ação de renovação”.

«Santo Padre, conte realmente com a nossa plena unidade e sinceras orações, mesmo diante dos ataques feitos para dar descrédito à Sua pessoa e à Sua ação de renovação». Maria Voce dirige-se ao papa Francisco com estas palavras numa carta enviada ontem, 30 de agosto, na qual lhe assegura o apoio e orações após ataques fortes que o atingiram nas últimas semanas.

A presidente do Movimento dos Focolares exprime ao Santo Padre sua gratidão pelo recente encontro mundial de Famílias na Irlanda que evidenciou, entre outras coisas, o relacionamento extraordinário criado entre o papa e os participantes. Maria Voce manifesta, em seu nome e em nome de todo o Movimento, o reconhecimento do veemente e reiterado pedido de perdão que Francisco fez às famílias das vítimas e adesão total à sua mensagem de amor.

Continua a presidente do Movimento dos Focolares: «Em cada chaga da Igreja e da humanidade – escreve Maria Voce – reconhecemos Jesus crucificado e abandonado e, juntamente Consigo, olhamos para Maria para viver com coragem, seguindo o Seu exemplo como discípulos autênticos».

Por fim, Maria Voce agradece pela sua recente “Carta ao Povo de Deus” que, além de manifestar a solicitude e o amor do Santo Padre pela humanidade, indica «como compartilhar o “grito” que sobe aos Céus de quem sofreu e sofre, e como empenhar-se para que tais males não se perpetuem. Fazemos nossas as Suas preocupações e as Suas palavras».