Humanidade

Conferência Nacional das Associações de Apostolado dos Leigos (CNAL) 2021

A Conferência Nacional das Associações de Apostolado dos Leigos (CNAL) realizou o seu Encontro Nacional anual, no passado dia 20 de novembro, em Almada, intitulado “Praça Central”, sob a égide do tema «A difícil arte da amizade Social: Como é importante sonhar juntos», inspirando-se na encíclica do Papa Francisco “Fratelli Tutti”. 

A sessão plenária foi aberta da parte da manhã com a intervenção do Cardeal Sean O´Malley, presente através de videoconferência, e que fez entrar a todos na casa comum, através de várias histórias reais que ilustraram a importância do papel da fraternidade na construção da humanidade e da necessidade de sonharmos e construirmos juntos.

Após o intervalo a palavra foi dada ao Dr. Luís Parente Martins, que partilhou com o auditório as reflexões que este tema lhe suscitou, alavancadas pela sua experiência neste âmbito e partindo da premissa de que a «amizade social é um processo intenso, que necessita de um itinerário e de uma metodologia para a operacionalizar», tendo para tal recorrido às dinâmicas que o Movimento dos Focolares propõe como ´passos` para a unidade. E que esses ´passos para a unidade` ou para a amizade social passam por quatro diálogos: o Diálogo dentro da Igreja, o Diálogo Ecuménico, Diálogo Inter-religioso, Diálogo com os não crentes e o Diálogo com a Cultura. Foi realizada uma reflexão aprofundada e ilustrada com episódio da sua experiência pessoal ao serviço da igreja e da Associação Ponte, aludindo que, como comunidade “só podemos sonhar juntos”.

Seguiu-se uma mesa-redonda com partilha das experiências de vida de vários oradores convidados, a saber: Manuel Carvalho da Silva, UGT, Rita Valadas, Presidente da Cáritas, e Rita Sacramento Monteiro, responsável pelo programa de voluntários da PT e com experiência de voluntariado em campos de refugiados, sobre o tema da conferência e a resposta dos mesmos a perguntas do público. A participação teve a moderação de Dina Matos Ferreira. Depois do almoço os participantes tiveram a oportunidade de participar em painéis à sua escolha, com os temas «Das sombras ao sonho da amizade Social» e posteriormente «A amizade Social realizada todos os dias», ambos aprofundados por oradores convidados nas áreas da Cidadania, Política, Cultura e Diálogo.

Praça Central, ou seja, este encontro, procurou ser o “ponto de encontro de todos os homens de boa vontade onde se trocam experiências, se fomenta o diálogo e conhecimento mútuos e se testemunha a preocupação dos católicos na construção da Paz, da Justiça e da Solidariedade.”