Jovens

Feliz aniversário Chiara Luce Badano

A Beata Chiara Luce Badano nasceu a 29 de outubro de 1971. São vários os eventos em todo o mundo para lembrá-la. Em Sassello (Itália), local do seu nascimento, haverá uma Missa, um Time-out e a projeção de um vídeo inédito com uma entrevista aos seus pais, feita pela Fundação Chiara Badano.

Chiara Luce Badano teria completado hoje 50 anos de idade. Nasceu a 29 de outubro de 1971 e, agora, é um exemplo de vida para milhares de jovens.

Chiara tinha quase de 19 anos e “Luce” (Luz) foi o nome que Chiara Lubich lhe propôs, acrescentando-o ao seu e desejando-lhe que ela fosse portadora da luz que o amor de Deus traz. Quando era pouco mais do que uma adolescente, conheceu o Ideal da unidade, a Espiritualidade da Unidade do Movimento dos Focolares e tornou-se uma Gen (Geração Nova), os jovens do Movimento dos Focolares. Sempre atenta ao próximo, viveu a sua juventude como todos os jovens da sua idade e talvez nunca tenha imaginado que teria que lidar com a doença, com apenas 17 anos de idade: uma doença grave.

Se Chiara Luce hoje estivesse viva, como seria e como passaria a sua vida? Esta é uma pergunta que muitos de nós nos fazemos, precisamente porque sentimos que Chiara Luce está perto de nós, é uma de nós, ontem e hoje.

Fizemos esta pergunta a três dos seus amigos mais próximos, Chicca, Franz Coriasco e Cristina Cuneo, da Fundação Chiara Badano.

“Com base no que experimentámos com ela, podemos imaginar que ela seria uma jovem absolutamente normal”, diz Chicca, “mas consciente de que vivendo o Evangelho e o ideal de Chiara Lubich, se podem fazer coisas grandes”.

O que seria importante para ela? “Achamos que devam ser precisamente os jovens de hoje a responder a essa pergunta – sublinha Cristina. Uma das últimas mensagens de Chiara Badano, na verdade, quase um testamento, foi a de ‘entregar’ a tocha aos jovens ‘como nas Olimpíadas’. Assim como muitos estão a fazer, com o seu compromisso concreto para reduzir as desigualdades e a injustiça social, no cuidar do meio ambiente, no proteger o bem comum, nas situações mais dolorosas de cada contexto. Sobretudo neste período de emergências pandémicas. Para curar as feridas abertas, em resumo, como ela tentou fazer ao longo da sua vida: à sua maneira, nas pequenas coisas, mas sempre com ações concreta”.

Franz acrescentou: “Num dos seus textos ela escreveu: ‘Muitas vezes o homem não vive a sua vida porque está imerso em tempos que não existem: ou na lembrança ou no arrependimento do passado ou projetado no futuro. Na realidade, o único tempo que o homem possui é o momento presente, que deve ser vivido na sua totalidade, explorando-o plenamente… Desta forma, teríamos consciência do valor da nossa vida, uma dádiva preciosa que não pode e não deve ser desperdiçada nem queimada em egoísmos estéreis e ambições inúteis”.

“Um encontro diário com ela e com muitos em todo o mundo era o Time-out: todos os dias ao meio-dia parávamos para pedir a paz. Era uma urgência fundamental para ela e acreditamos que continua a ser assim para todos nós hoje.

Chiara Luce foi beatificada pela Igreja Católica a 25 de setembro de 2010, após o reconhecimento do milagre da súbita cura de um menino de Trieste (Itália).

De 28 a 30 de outubro, haverá eventos em várias partes do mundo para lembrá-la. O primeiro dia 28, às 20 horas. “Tempo de Páscoa” (Estados Unidos e Canadá) o evento organizado pela New City Press, Living City e YCNA (Centro Jovem para a América do Norte) com peças artísticas, momentos interativos e intervenções de pessoas tocadas pelo testemunho de vida de Chiara. O programa incluirá a mensagem de uma testemunha direta que conheceu Chiara. Será também uma oportunidade para apresentar dois novos livros sobre Chiara em inglês: “Blessed Chiara Badano. Her Secrets to Happiness” (Beata Chiara Badano. Os seus Segredos para a Felicidade. – Tradução livre), destinado em particular aos adolescentes, com texto de Geraldine Guadagno e ilustrações de Loretta Rauschuber, e “In my staying is your going. The Life and Thoughts of Chiara Luce Badano”, (Na minha estada está o seu caminho. A Vida e os Pensamentos de Chiara Luce Badano. – Tradução livre), editado pela Fundação Chiara Badano.

Em Sassello (Itália), sua cidade natal, no dia 29 de outubro haverá uma Santa Missa às 18h00 (hora de Itália), com transmissão ao vivo no site chiarabadano.org. Em seguida, será projetado o vídeo “Chiara Badano: uma vida de luz”, com direção de Marco Aleotti, com entrevistas inéditas aos seus pais, que falam sobre Chiara Luce e a sua vida familiar. O vídeo estará disponível para visualização nos próximos dias, no site a ela dedicado.

Sábado, 30 de outubro, dia da festa litúrgica, às 12h00 (hora de Itália) diretamente do cemitério de Sassello, ao redor do túmulo de Chiara Luce e também com transmissão ao vivo, haverá o Time-out: um minuto de silêncio para pedir a paz em todo o mundo. Às 15h00 (hora italia), haverá a Santa Missa da paróquia de Santíssima Trindade em Sassello, celebrada pelo Bispo Luigi Testore, com a participação do postulador, Padre Gianni Califano. No final, haverá a entrega dos vencedores do Prémio Chiara Luce Badano 2021.

Em Portugal está editado, pela Cidade Nova, o livro Os santos também usam calças de ganga – Chiara Luce Badano, sobre esta jovem normalíssima e a sua história de santidade construída dia após dia.

Fonte: focolare.org